real estate company logo
javporn
Home Imprensa Notícias Agenersa participa de evento do CREA-RJ que visa fomentar mercado de vistoria de gás
Agenersa participa de evento do CREA-RJ que visa fomentar mercado de vistoria de gás

O presidente interino, conselheiro Silvio Carlos Santos, representou a Agenersa no workshop sobre a Lei Estadual 6.890/2014, que trata da autovistoria quinquenal obrigatória de gás, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio (CREA-RJ) em parceria com a Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro (Ceg). Cerca de 250 empresas cadastradas no CREA participaram do evento, que teve o objetivo de fomentar o mercado e incentivar que o maior número de empresas se interesse e se habilite através do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para realizar a inspeção periódica.

"Eu vejo essa lei com três fatores importantes. Primeiro, é o da segurança, aquela que vai garantir a segurança do cliente, do consumidor de gás, seja usuário de gás natural canalizado, quanto de GLP. Segundo, eu vejo uma grande oportunidade econômica no momento em que o país atravessa uma crise de desemprego; com essa lei, nós faremos com que tenhamos várias oportunidades de negócio para os senhores aqui presentes. E em terceiro, é que não haverá alteração em novas obras ou as que estão em andamento com o lançamento, em breve, do novo Regulamento de Instalações Prediais que será emitido pelo Estado", disse Silvio Santos no workshop, realizado na sede do CREA na manhã desta quarta-feira (24/06), que teve também a participação do gerente da Câmara de Energia da Agenersa Jorge Calfo.

"Apoiamos o desenvolvimento do mercado. Nossa intenção é que haja o maior número de empresas habilitadas pelo Inmetro e aptas a oferecer um serviço seguro e de qualidade para o consumidor. Queremos que nossos clientes tenham uma lista a sua disposição para pesquisar, avaliar preço e escolher a melhor opção", declarou o presidente da Ceg, Bruno Armbrust.

O presidente do CREA-RJ, Reynaldo Barros, destacou a importância da contratação de um profissional ou empresa, devidamente habilitado, para a realização dos serviços de vistoria com qualidade e segurança. Ele lembrou que a Certificação de Conformidade com Exercício Profissional é um atestado emitido pelo Conselho para empresas que desenvolvam as atividades tecnológicas.

"O objetivo é reconhecer que os serviços oferecidos por essas empresas são produzidos por pessoal técnico habilitado, com respeito ao meio ambiente, à ética profissional e aos padrões de qualidade exigidos para cada uma das atividades desenvolvidas", afirmou o presidente do CREA.

O evento também contou com a participação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Energia Indústria e Serviços (Sedeis), do Inmetro e do Corpo de Bombeiros.

A lei 6.890 tem o objetivo de criar uma cultura preventiva na utilização de qualquer tipo de gás. Por isso estabelece que os consumidores realizem a cada cinco anos uma autovistoria de instalações e aparelhos a gás. No caso do gás canalizado, a norma publicada pela Agenersa no último dia 1º de junho, determina que as empresas habilitadas pelo Inmetro e contratadas pelo cliente deverão verificar se o imóvel está apto para uso do gás canalizado. Nessa inspeção serão verificados - por exemplo - se fogão e aquecedores estão instalados conforme os critérios de segurança, se as canalizações de gás do apartamento (trecho que sai do medidor e vai até os aparelhos) estão seguras e sem escapamentos e se as ventilações de ambientes estão corretas e adequadas.

Vale esclarecer que a lei não invalida a necessidade de realização de manutenções corretivas e preventivas sempre que o cliente identificar qualquer problema na instalação ou no funcionamento do fogão e no aquecedor. Para esses casos, o cliente deve contratar empresas e/ou profissionais habilitados e com conhecimento técnico para realização desse tipo de serviço. A lei 6890 é um instrumento que vem ampliar a segurança, estabelecendo uma atuação preventiva - a cada cinco anos.

Assim que tiver a lista de empresas acreditadas pelo Inmetro para realização da autovistoria de gás canalizado, a Ceg fará a divulgação em seu site e em seus canais de relacionamento. No momento, os clientes devem aguardar essa comunicação. A Ceg também enviará um comunicado para cada cliente, informando sobre o prazo, para que o consumidor possa se planejar e agendar a inspeção.

Os condomínios, associações de moradores e administradoras de imóveis interessadas em mais informações sobre esse tema, também podem solicitar uma palestra para a Ceg sobre a lei de autovistoria de gás. A solicitação pode ser feita no site da empresa, pelo endereço www.gasnaturalfenosa.com.br.

As empresas interessadas em passar pelo processo de acreditação junto ao Inmetro devem acessar o site do instituto (www.inmetro.gov.br/credenciamento/sobre_org_insp.asp).

Com informações da Assessoria de Comunicação Externa da Ceg

 

rodape.png

Fornecido por Designed by: Joomla 1.5 Template, what is a database storage. Valid XHTML and