real estate company logo
Home
Prolagos capacita educadores para falar de Educação Ambiental nas escolas

 

São Pedro da Aldeia (RJ), 26.04.11 – Falar de Educação Ambiental sob a ótica do saneamento e da preservação dos recursos hídricos. Com esse objetivo, a Prolagos dá prosseguimento à parceria com o projeto “Cidade Limpa”, da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) e retomará as oficinas de formação continuada em Educação Ambiental, dessa vez, capacitando professores do 1º segmento do Ensino Fundamental das escolas públicas em responsabilidade e ética ambiental, perigo aviário e o papel da concessionária no saneamento da região, por meio do Programa “Saber Faz Bem”.

 

 

As oficinas vão abranger educadores das redes municipais de ensino das cidades de São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Iguaba Grande. A aula inaugural acontece nesta quarta-feira, 27/04, na Casa do Educador em São Pedro da Aldeia, em dois horários: às 8h30 e 13h30. Inserida no programa de Educação Sócioambiental da Prolagos, Saber Faz Bem, a idéia da oficina é sensibilizar e capacitar os professores para falar de preservação ambiental em sala de aula, abordando aspectos ligados à ética e responsabilidade do cidadão na preservação do meio ambiente, à importância do saneamento e da utilização racional dos recursos hídricos. Os professores serão multiplicadores dos conteúdos aplicados.

 

Desenvolvido pela Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), o projeto “Cidade Limpa” tem como propósitos reduzir a quantidade de lixo em locais impróprios, melhorar a qualidade de vida dos moradores, aprimorar a consciência ambiental da população e diminuir o risco de colisões entre aeronaves e aves, em especial urubus na Área de Segurança Aeroportuária (ASA) da BAeNSPA. A iniciativa conta, além da Prolagos, com o apoio das secretarias de Educação dos municípios, das instituições educacionais Ferlagos e Universidade Veiga de Almeida e da Cruz Vermelha de Iguaba Grande.

 

Segundo Adriana Pereira, responsável pelo Saber Faz Bem da Prolagos, o tema Educação Ambiental está cada vez mais recorrente na sociedade e levar o assunto para sala de aula é fundamental:

 

- O público do Saber Faz Bem está cada vez mais diversificado. Falando para estudantes a partir de 2 anos de idade, membros de entidades e associações de moradores, percebemos que assuntos como uso racional da água, saneamento básico e educação para o consumo estão cada vez mais difundidos e se tornaram alvo de interesse de boa parte das pessoas. Isso é gratificante – afirma Adriana Pereira.

 

As oficinas também acontecerão ainda nos municípios de Cabo Frio e Iguaba Grande, em datas ainda a serem divulgadas. As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas nas secretarias municipais de Educação. Além da capacitação de multiplicadores em Educação Ambiental, o projeto possui uma série de desdobramentos, como gincanas para a coleta de materiais recicláveis entre as escolas participantes e concurso para escolha de objetos feitos a partir de reciclagem.

 

rodape.png

Fornecido por Designed by: Joomla 1.5 Template, what is a database storage. Valid XHTML and This. Site..